As plantas de frestas 隙間の植物 sukima no shokubutsu 

sempre nos encorajam com a sua intensa energia de sobrevivência e reprodução.

Basta dar um passo na rua, alí elas estão:

nas rachaduras dos asfaltos e dos muros, no pé de algum poste de eletricidade...

 

Pode até parecer que essas lacunas sejam apertadas e desconfortáveis , 

mas na verdade este pequeno espaço é o "paraíso" para sua multiplicação.

 

Isto é, por elas serem muito frágeis, 

 a Sabedoria da Natureza lhes ensinou a maneira mais apropriada e segura

para a conservação de sua espécie: viver isoladamente.

Vivendo solitariamente não é preciso competir com outros vegetais mais devastadores.

 Que astúcia, não ?!

 

  "Plantas daninhas", plantas invasoras", seja qual for o nome alcunhado ,  

ora por sua vivacidade, ora por seus traços mimosos,

elas roubam a atenção de muitos transeuntes.

 


スミレ sumirê

 Nome científico:  Viola mandshurica

Data da foto      :   abril de 2013

Local                    :   Kanagawa

 



 

エノコログサ enokoro-gussa  (outro nome:  猫じゃらし neko-djarashi )

Nome científico:  Setaria viridis

Data da foto      :   junho de 2016

Local                    :   Kanagawa

 


 

ユウゲショウ  yū-geshō  (outro nome:  赤花夕化粧 akabana-yū-geshō) 

Nome científico:  Oenothera rosea

Data da foto      :   junho de 2016

Local                    :   Kanagawa

 


シダ shida

samambaias